Mar, ilha distante





Mar, ilha distante
Luz do sol a guiar
Movimento de cores vibrantes
Impressionismo para amar...

Distante, Mar, ilha
Suas ondas vêm me buscar
Me guiar por suas cores vibrantes
Luz do sol, movimento...
Impressionante, 
amar 
Mar, ilha distante.


Category: 3 comentários

Muito prazer!




Se queres saber o suficiente a meu respeito, vou te contar. Lápis e papel:
Sagitariana, ascendente escorpião.
Cabeça nas nuvens e os pés também.
Alma livre, mas não suporto solidão.
Rolo uma pedra para o topo do monte: Amizade.
Roubo um raio de sol para acender tua noite: Sensibilidade.
Paro de falar caso queira: Paciência.
Contemplo o Sol, a Lua,  o mar, o céu e as estrelas; gente, bicho, criação: Bondade.
Atravesso mares, desertos e precipícios para encontrar minha flor: Desejo.
Afundo no fundo de seus olhos e fico neles até que se fechem: Lealdade.
Admiro as cores das coisas simples: Amor.
Agora que sabes, não mangues de mim.  Também posso ser prática como uma faca e objetiva como um corte. Crio e recrio todas essas imagens, eu sou assim.
O tempo? O tempo foi ontem, é agora, qualquer hora, sem medir... Isso eu chamo de intensidade.

Muito prazer!


Category: 4 comentários



Sou no horizonte aquela flor
Que no verão nasceu
No outono ressecou
No inverno adormeceu
Para acordar a Primvera.

Chamam-me menino de rua.
Engraçado: 
minha casa não está numa rua.
minha rua não tem número.
O mais triste:
sou menino de rua! 

Paulo de Bereia

Texto do professor Vantuil (Paulo de Bereia), feito em 01/08, volta às aulas.

Primeiro selo!

Ganhei esse primeiro selo da Danielle, do blog http://lerdetudo.blogspot.com

Dani, 

É muito bom saber que este blog, de alguma forma, acalanta outros corações. 
Sua presença aqui faz com que esse blog seja show.
Obrigada pelo presente e reconhecimento.



Regras:

1- Você poderá postar o selinho no seu blog, para que todos que passarem por lá vejam o quanto seu blog é show.

2- Indicar 5 blogs que você acha que é um show.

3- Notificar ao blog. 
 
Minhas indicações:
 
  -----------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
2. Marcas que a vida deixou: http://s-umavidapararecordar.blogspot.com/
 
3. Quero um sorriso: http://janarhein.blogspot.com/
 
 
5. Eu acho que simplesmente não sei: http://euachoqueusimplesmentenaosei.blogspot.com/
Category: 7 comentários

Mude o clima


O verão me esquentou, o outono me inspirou e agora é inverno.
A primeira semana de julho foi de arrasar. Frio, chuva, céu pesado, nublado, mesmo assim saí para almoçar com uma amiga. No caminho ela dizia da tristeza que esse tempo te trazia em oposição a sua energia, alegria e disposição no verão. Fiz um comentário curto baseado no que ouvia as pessoas falarem sobre o assunto: realmente muitas pessoas se sentem assim em relação ao tempo. Acabou. Não prolonguei a conversa até porque estava me sentindo muito bem, mesmo toda agasalhada. Como não costumo deixar as coisas passarem, nem mesmo uma simples conversa sobre o tempo, voltei a pensar no assunto. Lembrei de Quintana que tratava o tema com irreverência: "Esses que puxam conversa sobre se chove ou não chove - não poderão ir para o Céu! Lá faz sempre bom tempo..."
Pois é poeta, no céu é assim, mas aqui realmente o tempo e suas alterações no clima influenciam a vida e o humor das pessoas.
Pesquisas revelam que nos países onde o clima é mais frio o índice de casos de suicídios e pessoas com depressão é maior do que nos lugares cujo o clima é tropical. Isso acontece porque a exposição ao sol ocasiona o aumento da produçao de neurotransmissores responsáveis pelo humor, pelo controle do sono, pela sensação de prazer e bem estar.
Os dias mais quentes, como os de verão, são um convite ao convívio social. Ruas cheias, praias, bares, áreas de lazer. Amigos, conversas fiadas... Liberdade.
Mas, nesses dias tão estranhos? O frio, o degradê de tons cinzas no céu, propiciam o comportamento intropesctivo. Esse seria um bom momento para reflexões filosóficas, profundamente pessoais. Momento de descanso, reposição de energias. Contudo, para alguns, significa intensa melancolia.
Assim, aí vão algumas dicas para mudar o clima ... em nós. Alimente-se de pratos ricos em triptofano e carboidratos, ria das nuvens, ponha o sol no seu coração e siga "singing in the rain".
E, para encerrar, trago Gene Kelly, mudando o clima com um belíssimo Sol dentro do peito. Curtam!

"I'm singing in the rain"


Viver, amar, valeu!




Ela se perdeu para se encontrar
e percebeu que se descobria 
enquanto pensava que perdia 
ou se perdia.
O interessante é sofrer a metamorfose da vida e do amor 
para renascer e se sentir viva.
Ah, Valeu!


------------------------------------------------------

Viver, amar, valeu!

Quando a atitude de viver
É uma extensão do coração
É muito mais que um prazer
É toda carga da emoção
Que era o encontro com o sonho
Que só pintava no horizonte
E, de repente, diz presente
Sorri e beija a nossa fronte
E abraça e arrebenta a gente
É bom dizer viver, valeu


Ah! já não é nem mais alegria
Já não é nem felicidade
É tudo aquilo num sol riso
É tudo aquilo que é preciso
É tudo aquilo paraíso
Não há palavra que explique
É só dizer viver, valeu


Ah! eu me ofereço esse momento
Que não tem paga e nem tem preço
Essa magia eu reconheço
Aqui está a minha sorte
Me descobrir tão fraco e forte
Me descobrir tão sal e doce
E o que era amargo acabou-se
É bom dizer viver, valeu
É bom dizer amar, valeu.
Amar, valeu.

(Gonzaguinha)
Category: 15 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...