Ainda é noite


É noite
Falta-me inspiração
Porque sobra-me desejo
Falta-me seu beijo
Falta-me razão.

É noite
A dama de prata taciturna
Dança e me lança, afunda
Solidão

É noite
Falta-me inspiração
Porque sobra-me tesão
Falta-me seu corpo
Falta-me razão.

É noite
Queima, arde, encendeia
A cama, o oco,
O vazio, o frio.

Quem dera fosse dia
Mas, ainda é noite.

6 comentários:

Letícia Mota disse...

Gostei muito do conteúdo do seu blog...

Já estou lhe seguindo!!

Se quiser, da uma passadinha no meu:

http://modaeexcelencia.blogspot.com/

Cabeça Feminina disse...

adoreei blog e estou seguindo-o!

qnd tiver um tempinho, de uma passadinha no meu?


bjooos

http://cabecafeminina.blogspot.com/

Amanda e Elidiane disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Amanda e Elidiane disse...

Nossa que texto! *-*
Beijoss


Leitura entre Amigas

Robson Araújo disse...

belos versos

se possível, visite meu blog

www.semente-terra.blogspot.com

claudio fernandes disse...

bela poesia!
seguindo
argonautabrasil.blogspot.com

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...